Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

CONTRAOFACILITISMO

Blog para debater ideias que recusem o facilitismo em educação.

CONTRAOFACILITISMO

Blog para debater ideias que recusem o facilitismo em educação.

Fevereiro 25, 2010

Eu dou-lhe um dez e resolvo a questão?

vai-teaosprofessores

Já ouvi colegas gabarem-se que não dão negativas, pois se dão um dez aos alunos estes passam, leia-se deixam de ser um problema, e o mercado com tal nota vai penalizá-los.

Este é mais um exemplo de facilitismo, pois o professor com este comportamento, resolve o seu problema, mas será que resolve o problema do aluno?

Se o aluno continuar a nada fazer é um incentivo a continuar a nada fazer. Contudo, por vezes um dez pode ser um estímulo para o aluno fazer melhor. Mais uma vez, tem que se analisar a situação caso a caso. Logo não dou dez de forma sistemática a quem não o mereça, mas posso dar um dez como incentivo para um aluno que está a melhorar, assinalando este caso.

Quanto ao mercado resolver a situação, se o mercado funcionar e não o factor C, pode ser que o aluno seja penalizado, mas na prática estamos a ter uma nova escala de 10 a 20  e não de 0 a 20, e principalmente estamos a chutar para o lado e a demitirmo-nos de tentar recuperar o aluno seja ele problemático ou somente pouco estudioso.

 

Fevereiro 12, 2010

O fim da obrigatoriedade das provas de recuperação

vai-teaosprofessores

Até agora o estatuto do aluno impunha aos professores a realização de uma prova de recuperação para os alunos faltosos. O Ministério acabou de decidir que deixa de ser obrigatória e passa a ser decidida caso a caso em cada escola.

Esta é sem dúvida uma medida contraofacilitismo porque fomentava a falta às aulas e a recuperação das faltas através de uma prova a realizar pelo professor obrigatoriamente.

Ora a partir de agora não vai ser assim, devendo, na minha opinião, a prova manter-se em casos de faltas justificadas prolongadas, permitindo ao aluno recuperar do seu infortúnio na vida seja ele qual for.

 

nos casos de faltas injustificadas não se justifica a realização da prova devendo o aluno assumir a sua responsabilidade face às suas obrigações.

A escola deve preparar os alunos para a vida real.

Fevereiro 12, 2010

Porquê este blog

vai-teaosprofessores

Acho que o combate principal a travar nas escolas é a recusa do facilitismo, que está embrenhado por todo o sistema educativo.

Quero saudar, nesta perspectiva o fim das provas de recuperação com carácter obrigatório.

Trarei a minha opinião a este blog sobre situações educativas onde se fomenta o facilitismo, que vou vivendo ou de que tenha conhecimento.