Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

CONTRAOFACILITISMO

Blog para debater ideias que recusem o facilitismo em educação.

CONTRAOFACILITISMO

Blog para debater ideias que recusem o facilitismo em educação.

Junho 12, 2014

Uma nova forma de pressão para o facilitismo na avaliação estudantil

vai-teaosprofessores

A avaliação dos professores veio introduzir as metas que os resultados da avaliação devem atingir. Encontrei metas de 95% e mesmo de 97%. Por exemplo a meta de 95% significa que os professores só podem reprovar um aluno em vinte alunos. Se estas metas se referem a cursos profissionais são completamente irrealistas, pois, existem, nestes cursos, alguns alunos sem hábitos de estudo e que frequentam a escola porque a isso são obrigados - pelas famílias e mesmo pela sociedade com a escolaridade obrigatória até ao 12º ano.

Para dar só um exemplo já tive uma turma de 30 alunos no início do ano, tendo 20 destes alunos sido excluídos por faltas, a quase todas as disciplinas, durante o ano letivo. Quem tem uma turma destas fica logo em risco de não alcançar uma boa avaliação por os alunos serem absentistas, isto é, nem sequer vão às aulas, não dando sequer qualquer chance aos professores para os motivarem.

Como lidar com esta pressão? Aguns colegas resolvem a questão cumprindo as metas sem olhar ao mérito individual. Isto transforma a escola num armazem da juventude!

Outros mantém uma postura de rigor e promovem o mérito na atribuição de notas e quem vem fazer turismo para a escola não tem aproveitamento, aliás tal e qual como vai ser o mundo do trabalho, para quem tiver a sorte de conseguir arranjar trabalho. A segunda atitude prepara os jovens para a idade adulta com as consequentes responsabilidades familiares e sociais ao nível do emprego.