Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

CONTRAOFACILITISMO

Blog para debater ideias que recusem o facilitismo em educação.

CONTRAOFACILITISMO

Blog para debater ideias que recusem o facilitismo em educação.

Maio 03, 2016

A indignação dos colégios ou a boa gordura!

vai-teaosprofessores

Os interesses do ensino privado andam em alvoroço com a pretenção do ministério em só deixar abrir turmas onde não haja capacidade de resposta da escola pública.  Esta medida faz todo o sentido numa altura em que é preciso racionalizar o Estado  e se o Estado pode oferecer ensino com menos custos deve fazê-lo.

Se nos lembrarmos da história deste processo essas turmas abriram à custa do ensino público, por governos que queriam incentivar o privado, portanto já houve desemprego docente no setor público para algumas turmas serem criadas no privado, portanto, o argumento da criação/destruição de emprego não colhe tanto mais que na altura este argumento não foi usado pelos colégios, e não é sério usar-se um argumento só quando nos convem.

Por outro lado, os professores no ensino privado têm uma maior carga horária, chegando às 33 horas semanais, pelo que a preocupação com o emprego dos professores pode ser mitigado se aplicarem um contrato coletivo de trabalho com horas iguais ao do público.

O que está aqui em causa é o projeto da direita de colocar o ensino privado a concorrer com o público, mas financiado pelo Estado, é a velha ideia de que o privado é que é bom mesmo que subsídio dependente do Estado. Esta é outra contradição deste setor que é defender que o Estado tem gorduras, mas será sacrilégio cortar as (gorduras) que põem em causa os seus interesses.