Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

CONTRAOFACILITISMO

Blog para debater ideias que recusem o facilitismo em educação.

CONTRAOFACILITISMO

Blog para debater ideias que recusem o facilitismo em educação.

Maio 17, 2016

A questão da democracia e participação nas escolas.

vai-teaosprofessores

Acho uma boa iniciativa a Fenprof debater a alteração da gestão das escolas, que para mim constitui um entrave ao teino para a participação democrática. Já agora a participação no orçamento é uma proposta positiva, mas de limitado alcance, sendo que o essencial é dar vida à participação dos alunos nos orgãos de gestão administrativa e pedagógica. Sobre o assunto ontem Ramalho Eanes foi peremptório, disse algo do género, criámos a democracia mas ao nível da educação não lhe demos pernas para andar.

De facto quem se lembra da «vida» que havia na votação das listas para as associações de estudantes a seguir ao 25 de Abril até aos anos noventa, apesar de ir havendo um afastar dos estudantes destes eventos com o decorrer do tempo, hoje tem de reconhecer-se a pobreza das campanhas eleitorais de hoje, centradas na escolha e organização da viagem de finalistas.

Esta é uma área em que se deve fazer uma alteração qualitativa, com diretas para a eleição do orgão executivo/diretivo, em todos os corpos, talvez com limitação de assuntos quanto à votação dos estudantes, como os referentes a assuntos disciplinares de professores, mas com a participação na discussão. Nas questões pedagógicas, devem participar e votar em todos os assuntos.

Para mim está fora de questão a existência de eleições indiretas, com algum peso dado aos municípios, que é uma forma de fazer entrar na escola o cacicismo local.Decorrente desta posição afastámos da agenda a municipalização da educação, com formas de participação na vida das escolas, podendo aceitar um seu papel na criação de infraestruturas, mas limitado ao ensino básico.

 

 

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.