Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

CONTRAOFACILITISMO

Blog para debater ideias que recusem o facilitismo em educação.

CONTRAOFACILITISMO

Blog para debater ideias que recusem o facilitismo em educação.

Início de ano letivo atribulado para os professores

vai-teaosprofessores, 19.09.18

Este início de ano letivo 2018/19 está a ser atribulado para os professores por causa de alterações legislativas e do apagão de anos de trabalho.

Comecemos por este último tópico, este ano começa com os professores em luta devido à não contagem integral dos anos de serviço para efeito das progressões, discriminanado negativamente este corpo especial (que neste aspeto deixa de ser especial) da maioria dos funcionários públicos, ou seja, transformaram um corpo especial que devia ter discriminação positiva num corpo com discriminação negativa. Além disso, continua-se a usar a intoxicação da opinião pública com a saída de dados que convêm ao governo por altura de negociações cruciais, foi o caso das estatísticas sobre doenças, foi o caso do relatório sobre educação da OCDE, com dados sobre remunerações de professores pouco corretos, a que se funtou uma leitura apressada contra os professores de alguns orgãos de comunicação social.

Mas os professores viram-se assoberbados de trabalho antes das aulas começarem para compreenderem as alterações legislativas verificadas em cima da hora, refero-me à legislação sobre autonomia, ao perfil do aluno, à educação para a cidadania e à educação inclusiva. Os professores à pressa tiveram de ler esta legislação e integrála nas suas práticas de planeamento e letivas. Mais uma vez estamos perante governos que querem daixar marcas na educação, ainda que neste caso seja um regresso à década de 90, sobrecarregando os professores de trabalho por causa de legislação feita em cima da hora e sem avaliar as práticas que estavam em vigor. Mas isto já é habitual, só que acho que agora houve um aumento de intensidade por ser o último ano da legislatura.

Assim vai o mundo da educação, fase com que termino este post.