Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

CONTRAOFACILITISMO

Blog para debater ideias que recusem o facilitismo em educação.

CONTRAOFACILITISMO

Blog para debater ideias que recusem o facilitismo em educação.

Março 20, 2019

Mais um exemplo de facilitismo: testes de consulta

vai-teaosprofessores

Faz sentido fazer testes com consulta nos profissionais? Faz se incluído num processo de ensino/aprendizagem em que os alunos criam um caderno pessoal e depois é permitido o uso desse caderno para consulta no teste. Faz sentido num mundo em que o problema não é ter informação mas saber usá-la.

Não faz sentido fazer um teste muito exigente do ponto de vista da ligação da matéria e saber aplicar a matéria a outros contextos, sem treinar os alunos para isso. Aqui o teste de consulta torna-se numa armadilha porque pede-se o que não se ensinou (verificável no caderno do aluno por si construído) permitindo o recurso à internet. Isto foi feito comigo ainda no tempo das enciclopédias, isto é, o nível de exigência não era compatível com o ensinado, mas o professor dava ares de modernidade e vanguardismo.

Mas uma fraude total é permitir o uso do telemóvel e o aluno comunicar o teste para fora da aula e alguém o resolver e enviar as respostas por SMS ou outra forma de comunicação. Assisti a uma situação destas,  intervi e comuniquei ao colega e depois os alunos ainda gozaram comigo e chamaram-me bufo, porque o colega ignorou a minha comunicação.