Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

CONTRAOFACILITISMO

Blog para debater ideias que recusem o facilitismo em educação.

CONTRAOFACILITISMO

Blog para debater ideias que recusem o facilitismo em educação.

Abril 19, 2016

Os testes de verdadeiro e falso

vai-teaosprofessores

Resolvi fazer um teste com 30 perguntas de verdadeiro / falso com a obrigatoriedade de corrigir as falsas. Em geral ponho poucas frases verdadeiras para obrigar o aluno a corrigir a maioria das frases e a demonstrar que sabe e não adivinhou. Na cotação só dou a cotação máxima para as respostas certas, validads como tal e as corretamente corrigidas, não valorizando os que acertam as falsas sem as corrigir, pois poderá ser um ato de adivinhação. Não chego ao ponto dos americanos de descontar por perguntas respondidas sem acertarem, mas cada vez penso que será a opção correta.

Mesmo assim aconteceu ter dois alunos que só responderam com verdadeiros, acreditando ter uma pontuação próxima de metade, o que não conteceu porque em geral ponho só frases verdadeiras em 1/3 das perguntas ou menos, para evitar estas situações. Estes alunos tiveram o descaramento de argumentarem comigo que fizeram a melhor opção...De qualquer maneira não tiveram sorte o teste previa esta atitude...

Conto-vos este episódio, porque esta atitude não é só de facilitismo, mas é também uma tentativa de tornar a avaliação num jogo de sorte/azar, valendo tudo para não se estudar e sem trabalho não há mérito. O ensino não pode ser um jogo de sorte e azar, daí os cuidados a ter quando se fazem este tipo de testes.

Comentar:

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.