Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

CONTRAOFACILITISMO

Blog para debater ideias que recusem o facilitismo em educação.

CONTRAOFACILITISMO

Blog para debater ideias que recusem o facilitismo em educação.

Setembro 16, 2010

A questão dos megragrupamentos

vai-teaosprofessores

Hoje vou analisar a questão dos megagrupamentos, porque a questão do fecho de escolas, desde que feita com bom senso é atendível se houver melhoria das condições de aprendizagem. O bom senso passa pela escola substituta ficar a menos de meia hora de viagem da aldeia das crianças. Os problemas que se conhecem só demonstram falta de bom senso ou uma política impositiva e não dialogante!

Já sobre os mega importa questionarmo-nos: qual  será a dimensão ideal de escola? Este é um caminho intelectualmente correcto, já os critérios economicistas serão uma forma de facilitismo. Bom não tenho uma resposta fechada à pergunta colocada, mas para os mais novos cerca de 500 alunos será uma dimensão ideal para a gestão conhecer e acompanhar os processos individuais e avaliar 50 professores. Para os mais velhos será talvez um número de 700 alunos e 80 professores para acompanhar individualmente. Onde fui buscar estes números? Claro que à experiência filandesa. Admito que para o caso português se possa no imediato, numa primeira aproximação colocar como objectivo os 700 e os 1000 respectivamente, mas à medida que se vai reconstruindo o parque escolar, será correcto apontar para os números ideais como objectivos a concretizar numa década. Claro que com estes números teriamos de criar mais escolas nos concelhos, que é o que se está a fazer, o errado é criar unidades de gestão megalómonas, onde o director não acompanha individualmente os alunos e professores, mas onde só tem tempo para resolver as crises que vão surgindo. Os directores dos megas não conhecem a realidade, só os problemas e tornam-se gestores de crises e não planeadores de novas soluções ou de novos processos.