Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

CONTRAOFACILITISMO

Blog para debater ideias que recusem o facilitismo em educação.

CONTRAOFACILITISMO

Blog para debater ideias que recusem o facilitismo em educação.

Setembro 19, 2016

Um novo ano começa: 2016/17

vai-teaosprofessores

Estamos a começar um novo letivo, tendo sido um começo calmo, no sentido de que não foi atribulado na colocação de professores, mas acho que ainda se pode melhorar. Continuo só com turmas do ensino profissional, tendo uma de continuação e duas novas. Uma delas tive-a hoje e pareceram-me interessados, mas com falta de cultura geral e com dificuldades em escrever. Gosto de pôr nos testes diagnósticos uma composição para avaliar o nível de domínio da língua materna e capacidade de «dissertar» sobre um tema Tive duas alunas que nada fizeram, alegando estar à espera de fazer os 18 anos para abandonarem a escola. este é um problema sério da escolaridade obrigatória, a desistência mal façam os 18 anos!

Um outro comentário é a mania de se fazer teste diagnóstico a turmas que o professor conhece, que é mais uma burocracia desnecessária, pois um ano de acompanhamento dos alunos permite conhecê-los melhor do que um teste diagnóstico, feito em menos de uma hora, ainda para mais havendo alunos que pura e simplesmente não colaboram. Agora para turmas novas para os professores e no início dos ciclos há alguma razão para este tipo de testes existirem, mas a sua obrigatoriedade geral é pura burocracia e a aplicação de forma cega de boas práticas.